16 de julho de 2010

Nada é pesado pra quem tem asas...


Uma vez escutei essa frase em uma novela, “nada é pesado para quem tem asas”. Era uma personagem chamada Ariane que interpretava o papel de uma médica e dizia isso a uma paciente com câncer. Foi em um dia que ela estava com dor e achava que nada daria certo. O nome da paciente eu não lembro, mas ela era uma mulher que teve que raspar a cabeça e sofria demais no hospital.

Quando escutei essa frase ainda mais vinda daquela cena, “peguei” ela pra mim... Eu sei quem são minhas asas... E hoje sei que minhas asas são resistentes.

A parte que sustenta toda ela por inteiro se chama Deus... Essa é a parte mais importante de minhas asas... É Deus que me da força de onde eu acho que não existe mais. Jesus seu filho quando eu acho que fui abandonada, eu sinto sua mão segurando a minha. É incrível, inexplicável, mas é verdade. Eu sinto e isso basta. Nas horas de maiores agonias eu implorava forças e foi Ele quem me deu.

Existiam noites que eu acordava e minhas mãos estavam em uma posição que dava para ver que estava segurando em outra mão, eu senti uma calma, uma tranqüilidade, era como se essa mão me dissesse que tudo, sem dizer nada. Cansei de acordar e pedir ajuda para Deus e sentir minha cama balançando como se eu estivesse em seus braços me fazendo nanar. Eu acalmava e Dormia.

Outra base de minhas asas é minha família. Não basta dizer que se tem uma família grande que se reúne no final do ano, ou em festas de aniversários. A família precisa ser unida, e isso eu tenho. Não precisava ter todos em minha frente para saber que tinhas todos ao meu lado.

E não era só na hora que minha mãe ligava pra um e dizia que eu havia descido para o CTI que todos faziam acampamento no hospital. Era a hora que eu precisava de algo e eles estavam ali, não importava se fosse pra prometer um churrasco, pra me animar, pra fazer um bolo, pra ficar comigo apenas, passar a noite lá, ou mesmo pra pegar na minha mão e dizer estamos com você.

Ouvi uma frase de minha madrinha que nunca vou esquecer, e que é verdade e fiquei honrada de escutar. Um dia ela pegou na minha mãe com os olhos cheios de lágrimas e disse: “Lembre-se que você é forte e tem uma família toda ao seu lado”.

Mas em especial eu preciso falar da minha mãe. Eu tenho uma mãe, que não é apenas mãe, é amiga, companheira, guerreira e acima de tudo que não desiste de mim. A pessoa que foi capaz de largar tudo para passar dias e noites em um hospital ao meu lado. Não vou dizer muito por que acredito que nossa sintonia não existam palavras para definir, somos muitos ligadas e talvez esse amor foi um dos motivos para eu ter tanta força para superar tudo. Toda vez que olhava para ela e via em seus olhos que ela precisa de mim bem, eu respirava fundo e dizia: “Nega vamos sair dessa”. E a gente sempre saia mesmo, o que passamos só nós duas sabemos.

Deus manda anjos aqui na terra, e esses anjos em minha vida se chamam amigos, podia citar nome de cada um. Mas isso é desnecessário, por que cada um que é meu amigo de verdade sabe o seu valor em minha vida. Existe aquele ditado que diz “Quer saber quantos amigos você tem? Dá uma festa. Quer saber a qualidade deles? Fica doente”. E os meus verdadeiros amigos mesmo longe estavam comigo me dando força e eu sentia isso.

Fora os amigos sinceros que fiz dentro do hospital, lá encontrei vários anjinhos, mais isso são cenas do próximo capitulo!

Por isso eu digo que quando você tem um motivo nada te abala, e meu maior motivo é viver e ser feliz, e pra isso vou lutando até quando Deus me der forças e ele anda me dando bastante que acredito que tenho muito o que viver, ainda mais se minhas asas continuares firmes assim!! :D

2 comentários:

ELIZÂNGELA LEMES disse...

Oi Aryana! Lindo seu Blog! Parabéns!!! Realmente Deus tem dado "asas" à você. O salmista disse: "Sorria pra mim, teu servo; ensina-me a forma correta de viver." (Salmo 119:135, MSG).O Senhor tem sorrido pra você querida! Diante de tudo o que você passou, só posso dizer: "Bendito seja o Senhor, o teu Deus, que se agradou de ti." (I Reis 10:9,NVI).Abraços!!! Eliz.

Aryana Lobo disse...

Obrigada Eliz :D Tenho muito o que agradecer a Deus mesmo! Volte sempre que tem bastante histórias que ainda vou publicar! ;D